ASSOCIADOS
THIAGO ROBERTO VILARD DO CARMO


Thiago Vilard é carioca, nascido em 25 de maio de 1982, descendente de família italiana; escritor, roteirista e dramaturgo com várias peças encenadas, sendo o seu primeiro trabalho autoral o drama “O Que Fizemos de Nossas Vidas”, apresentado na Zona Oeste do Rio de Janeiro entre os anos de 1996 e 1997, com direção de Luciana Vítor. Autor do romance “Por dinheiro, pela vida”, Editora Multifoco, no Rio de Janeiro; e “O Falso Profeta”, publicado em Portugal pela Editora Lua de Marfim. Fundador da Associação Mineira de Teatro — Vil´Arte Companhia Teatral na cidade de Belo Horizonte, onde também possui residência fixa. Especializou-se em teledramaturgia através de cursos ministrados pelos principais autores da TV Globo, Rede Record de Televisão e SBT. Ex-aluno de um dos mais importantes cursos de teatro do Rio de Janeiro, O Tablado, de Maria Clara Machado. Ex colunista da Revista Mulher Mais Bonita e ex repórter do Jornal Oeste em Foco. Trabalhou como roteirista na produtora de Paulo Aragão, filho do humorista Renato Aragão, assinando o roteiro do longa-metragem “Elena.” Atualmente é contratado de uma produtora de cinema onde escreve o roteiro do filme sobre a vida de Adele Fátima, a primeira Bond Girl brasileira e musa inspiradora de Oscar Niemeyer.


"Por dinheiro, pela vida" - Romance (Ed. Multifoco, Brasil, 2011)

Sinopse: A Miranda Minérios S/A é uma gigante do ramo de mineração, com sede no Rio de Janeiro, reconhecida internacionalmente por seu know-how. Wilson Miranda fundou a empresa e anos depois passou o controle acionário para a filha caçula, Maria de Fátima Miranda. Os seus dois filhos mais velhos, Robson e Bárbara, nunca entenderam a predileção do pai pela irmã mais nova, porém não se opuseram à escolha na época. A aparente paz em família e nos negócios começa a mudar quando se descobre que a empresa está prestes a abrir falência. Inicia-se a partir de então uma trama perigosa, envolvendo chantagens, amores impossíveis, mentiras, assassinatos e, ao fim, a revelação de um grande mistério envolvendo a escolha de Maria de Fátima como presidente da companhia.

********************

O Falso Profeta - Romance (Lua de Marfim Editora, Portugal, 2011)

Sinopse: No início da década de 30, um forasteiro chega à cidade de Ouro Preto. Ele se diz profeta e anuncia que uma grande tragédia está para acontecer. A notícia mexe com os moradores da região e desperta a ira dos mais poderosos, que acreditam que o tal homem não passa de um golpista. Em uma trama repleta de suspense, mistérios e paixões intensas, o leitor descobrirá um estilo narrativo diferenciado, com personagens marcantes e histórias envolventes. O Falso Profeta busca uma leitura agradável e tem como principal característica o dinamismo de um verdadeiro folhetim, ilustrado por Regina Leitão.

********************

"Amor, Promessa e Castigo" - Peça Teatral.

Sinopse: O casamento do respeitado advogado Antunes Brandão entra em crise quando ele descobre que a sua esposa, Elza, é estéril. A situação do casal fica ainda mais conturbada quando Débora, cunhada de Antunes, resolve assediá-lo e assim o tirar da própria irmã. Débora tem um cúmplice, um bandido perigoso, de nome Cezário, que vai ajudá-la a tramar um plano para separar o casal. Em paralelo, Débora vive um conflito quase que odioso com a sua própria consciência: o Fura-Olho. Ao passo que Elza recebe ajuda divina, o espírito da personagem bíblica Ana, e também de Marta, uma mulher misteriosa que diz ter passado pela mesma situação da esterilidade.

********************

"Premonições" - Antologia de textos de diversos autores da Lua de Marfim Editora (Portugal).

"Conte uma Canção" - Coletânea que reúne textos criados a partir de músicas diversas. O conto “Menina da Lua”, de Thiago Vilard, foi livremente inspirado na canção homônima de Maria Rita.

"Os Matadores Mais Cruéis que Conheci" - Antologia que reúne textos criados a partir de contos de horror de diversos autores da editora Multifoco.

"Essência e Memória" - Antologia de fotografias de diversos fotógrafos, entre os quais, Thiago Vilard, com dois registros do Rio de Janeiro: o Theatro Municipal e o Pão-de-Açúcar. (Chiado Editora, Portugal)


www.thiagovilard.com.br

www.facebook.com/thiago.vilard

www.thiagovilard.blogspot.com



 
Associados
Proximos Eventos
Nalap © 2018
EtiServer