ASSOCIADOS
Maria Verginia Gonçalves


Maria Verginia Gonçalves
Mestre em Educação
Especialista em Direito Privado
Coordenadora ha 17 Projeto Abrindo Gavetas em prol da cultura africana e afro brasileira
Membro da UBT União brasileira de trovadores de Maringá
Membro do Comite de Migrantes Prefeitura Municipl de Maringá
Professor e advogada


Encarte de poesias africanas Africa20contar
Encarte de trovas


Exposição “Sagrada Esperança – Letras de Angola” em 5ª FLIM, assim define a coordenadora do Projeto Abrindo Gavetas, Maria Verginia Goncçalves, escritora, foi uma oportunidade de brasileiros conhecer a historia de Angola, mais de 100 livros de escritores angolanos, vindo direto de Angola, esteve reunidos exposto na Festa Literaria Internacional de Maringá. São obras literárias, filosóficas, humorísticas que contribuem para entendimento de uma Angola, plural miltifacetaria que faz parte do Continente Africano, tão complexo e desconhecido. O projeto Abrindo Gavetas buscar contribuir e destruir a imagem que os brasileiros tem e uma África idealizada pelos colonizadores. Os ocidentais tem em mente uma África, como um continente, um único pais, marcado pela fome, virus miséria e com um povo parvo e não a difere com vários países e cada um com sua peculiaridade, objetivando descontruir esta imagem, dando ao africano o protagonismo de contar ao ocidentais que o continente tem, sim, antropólogos, artistas, historiadores e escritos, médicos, médicos, enfim um vasto rol de profissões liberais
 
Associados
Proximos Eventos
Nalap © 2018
EtiServer