Artigos

VEVEY É JÁ ALI



Vevey é uma pequena cidade de 20.000 habitantes e nela residem 87 nacionalidades, onde mesquita, Igrejas Anglicanas, Evangélicas, Batistas, Do Reino Novo, Nossa Senhora Católica, Jehovah, São Nichlaus Ortodoxa entre outras mais. As 5 salas de cinema, as 4 salas de teatro, várias discotecas, vinotécas, bares e restaurantes, terrassas pela beira do lago, como paisagem montanhas majestosas embranqueadas por neves eternas ou tardivas e o lago dos 1000 tons de verde-azul-cinza. Enfeitados por jardins de Eden, trabalho de orfévres dedicados a cada habitante ou visitante.

Central da Nestlé Internacional à entrada da cidade, lindo museu alimentar Nestlé, onde o chocolate é rei, e Nestlé Suíço ao final desta. E 7 Museus implantados entre as artes plásticas e a cultura local e descendência veveysana, podemos viajar no tempo com o museu dos jogos ou ainda pelo apresentar do museu da fotografia, pois Vevey é a cidade internacional da Imagem, suas vinhas inscritas no património cultural da Unesco, os mercados de trocas de segunda mão, maravilhosos, de culinárias locais e estrangeiras nos transportando, e venda dos livros sobre a Grenette e nos falam de poesia e de alegria de nos pertencerem um dia.

Das escolas primárias às secundárias, milhares de crianças sonham reinar um dia, sobre cavalos de batalhas virtuais ou empresas de écrans mágicos, que a eletrónica proporcionará. E as bicicletas do fim de semana espreguiçam-se enquanto cafés e croissants são engolidos sobre esplanadas formigando de passantes.

Quando um casamento é realizado, todos podem assistir, pois na bela praça da cidade, todos são convidados e felicidades são partilhadas com desconhecidos ou familiares e se por tristeza se tropeça na rua dos problemas, passarão pelo tribunal, majestoso e indiferente aos canhões que ali se morrem. Que dizer do meu cantinho que apenas és bem-vindo.
Vevey é para quem gosta de música e alegria, para quem come queijo e o digére no vinho, para quem anda devagarinho e também para apreciar os perfumes das flores e dos caminhos, entre estátuas e pergaminhos, deixados por tantos artistas...

De Napoleão e as suas tropas, A Charlie Chaplin, de Corbusier a Tinguely, de Courbet a Cuandet.

Ana Mendes




 
Associados
Proximos Eventos
Nalap © 2020
EtiServer