Artigos

DIAMANTE EM BRUTO



Imponente Estro solar Carícias meigas e ternas Musa inspiradora do amar Doce cruzar de pernas Subtileza, pura beleza Em mistura deslumbrante Realeza, bela natureza Simbiose deslizante Vislumbre pleno Troca de olhares Toque de mãos sereno Apertar de dedos forte Sensações inebriantes Perca do norte Metamorfoses arrebatantes Sintonia completa Pérola morena Paixão conecta Diamante em bruto Estatura "pequena" Amor nada reduto Dulcíssima calmaria Geradora de alegria Rio, mar, ondulante ria Sintonia perfeita Poesia que enfeita Céu, estrelas, lua, sol Querer concomitante Almas nuas, corpos, farol Brilhos, olhar cintilante Suspiros, extasiante frisson Delírios, diamante coração Sentires empíricos Colorida adoração Cantos líricos Perpétua admiração Sentidos unidos Espíritos sempre em conexão Energizantes, virícos Crepitante ondulação Pedra preciosa Lapidação total Âncora maravilhosa Inteligência especial Abraços crepusculares Empatia sensacional Beijos lunares Magia bélica e real Delirantes constelações Amanheceres eternizantes Pulsantes seduções Anoiteceres vibrantes Revigorada saúde Sorrisos peregrinos Virilidade e virtude Sentires de meninos Tesouro inigualável Diamante em bruto Segredo imutável Totalmente duto Vozes que se cruzam No amar do tempo Amores que se obtusam Anestesiados no pensamento... Intensamente renascidos Puramente sentidos Plenamente vivos Jamais esquecidos
Por/de um diamante em bruto.

Mónica Mesquita
Poetisa

https://youtu.be/vgOhpqQkz1s




 
Associados
Proximos Eventos
Nalap © 2020
EtiServer