Artigos

GOTA DE AMOR



Que me sonha, que sondo... E sonho. Gota de luz, que me ilumina E me seduz... Olhar me reluz, fogo, queima, quente, teima, sente, não mente. Efusivamente... Me percorre... Irradia amor. Sacia o meu fervor, das pontas do cabelo, Aos dedos dos pés... Gota vasta que, ao som do amar, transforma-se em marés.. Vivas como ondas do mar... E em troca de olhares intensos, brota remar... Remar ao me afagar... Num extasiar sereno, versos explosivos... Que nos faz rodopiar, num ondular ativo, forte e sensível... Em êxtase de felicidade... Por início, simples gota de amor, amar. Que se transforma E sempre retorna, abundante ao vibrar... Que jamais se vai esvaziar.
Mónica Mesquita
Porto/Portugal




 
Associados
Proximos Eventos
Nalap © 2020
EtiServer